Do adesivo do carro da frente.

29 05 2008

Ao vir pro trabalho hoje pela manhã de carona com um amigo, pois os ônibus da cidade de país subdesenvolvido que eu moro estão em greve, quando paramos no sinal de trânsito, olhei para os carros em volta e vi um adesivo que dizia. “FAÇO SEXO COM MEU CARRO!”. É, com e não no meu carro. Por isso fiquei à pensar em como é possível fazer-se  esse tipo de coisa com objetos inanimados. Será que isso sempre foi uma prática humana ou nós somos tão ligados em carros e coisas automobilísticas que estamos trocando o sexo certo pelo duvidoso? Será que podemos trocar o sexo normal por uma coisa que não sabemos se é certa ou não? Ou será que no final sempre acabamos no lado diferente da cama?

Faço sexo com meu namorado e somente ele. Agora as pessoas aí fora fazem sexo com quem elas quiserem, certo? Ninguém obriga outra a transar, exceto aquelas pessoas doentes o suficiente, mas não é delas que vamos falar. Nunca pensei em fazer sexo com objetos, até porque gosto de prazer mútuo durante a relação e não só e somente eu grintado e fazendo barulhos guturais finjindo ter um prazer que o objeto não irá me dar.

Minhas amigas têm vibradores. E segundo elas, são ótimos quebra-galhos. Será? Não estão elas enganando-se para não ir à caça de um sexo seguro, feliz e mútuo? Tudo bem que, acho eu, os vibradores delas devem existir em uma infinidade muito maior de tamanhos, espessuras e afins do que os homens pelo mundo à fora, mas acho que não a nada melhor do que  o calor humano.

Como será fazer sexo com o carro? Confesso que fiquei um pouco supreso em perceber que essa simples afirmação mexeu esse tanto comigo. Fiquei o dia todo à pensar em como isso seria possível. Mas como esperava, não consegui chegar á uma imagem apropriada, alías as que cheguei passavam longe da apropriação as regras da moral e dos bons costumes.

Com todo esse estupefasamento que me causou a afirmação do adesivo, fui ao google procurar imagens sobre isso, mas não tive muito resultados. Depois tentei o assunto em si. Também não fui muito feliz em minha busca quase transcendental.

O que descobri é que sim, pessoas, bizarramente falando, já tentaram fazer isso e segundo elas o sucesso obtido foi e não foi dos melhores. O que elas realmente chegaram a conclusão é que fazer sexo pode deixar certas marcas, ou diria eu contusões.

Mas no final da minha pesquisa ao mundo bizarro das pessoas que fazer sexo, ou porque não amor, com seus carros foi que fazer sexo é sempre possível, com a pessoa que lhe convém e sempre com o cuidado que lhe convém. Porque isso tem que ser prazeroso e não contundente.

Até porque se o carro tive o câmbio de marcha muito grande pode ser bem traumático, já diria o cara do adesivo.

Anúncios

Ações

Information

3 responses

29 05 2008
Camila

HUAHAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHU
bravooo!!
mas eras, foste procurar no google sobre isso…tsc tsc tsc…tá parecendo eu procurando foto de hermafrodita..

30 05 2008
=p

Mt bom!
auehuhuahe

17 06 2008
Kika®

Eu e minhas amigas temos uma teoria: se não fossem as convenções sociais, todos nós seríamos pansexuais. Nego ia estar transando até com pé de mesa… 😉

Besos, queridâo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: