Colocando os pingos no ‘i’s

19 05 2008

Mais uma vez meus textos me trouxeram problemas. A primeira vez foi á um tempo quando a progenitora familair lia isso aqui e se assustou com alguns textos e fez toda uma explicação sobre o que eu deveria escrever ou não. E agora novamente. Como disse a minha querida e amada progenitora, repito. O que escrevo aqui não condiz com a realidade dos fatos, na maioria das vezes é somente uma forma de me divertir contando estórias, anedotas e afins, pois são coisas que eu gosto de falar.

Dentro desse lugar aqui, foram relatadas muitas coisas, verdadeiras ou não, mas sempre com um ponto de vista engraçado e diferente do real, e é para isso que isso aqui existe. Para que eu consiga manter a sanidade nos momentos de loucura do ser humano, seja no relacionamento ou seja na própria vida monótona que a gente leva.

Meus textos não são para causar mal estar à ninguém, muito menos nas pessoas que eu amo. Isso aqui é uma brincadeira, tipo aquelas onde inventamos estórias e pensamos que um dia podem acontecer, sabem? É assim que vejo isso daqui, um local onde posso dizer o que sempre quis tentar dizer e achar o que sempre tentei achar, e não pra machucar ou pra estragar uma coisa que considero umas das mais bonitas que tive e que possuo no presente momento.

Além de tentar divertir as pessoas que olham pra cá e leêm coisas que as divertem e que imaginam um personagem que eu inventei pra mim mesmo fazendo coisas desse tipo, coisas que muitas delas nunca terei coragem o suficiente para fazer, ou mesmo que nunca irão passar pela minha cabeça, somente no momento em que estou à escrever as aventuras desse personagem que me diverte às vezes e que emerge de mim.

Muitas pessoas dizem ser o meu EU interior, mas creio que não. Eu e ele somos duas pessoas totalmente diferentes em gênero, número e grau. Ele é como se fosse aquele modelo que a gente sabe que nunca deve seguir ou seremos totalmente diferentes do que somos ou mesmo nunca seremos o que realmente queremos ser.

Por isso escrevo isso aqui, pra poder colocar pra fora uma pessoa que não quero e que nunca vou ser. Uma pessoa que acima de tudo quer a diversão e a noite à seu inteiro favor. Já quase fui assim um tempo atrás, mas hoje descobri que o calor dos teus braços é sim um dos melhores lugares do mundo. Até melhor que isso daqui.

Além de uma explicação, uma declaração de amor.

Anúncios

Ações

Information

One response

19 05 2008
Camila

ooooo que lindo…
se preocupa não honey…
YOU ROCK!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: