Ao atravessar a rua…

15 04 2007

Ao atravessar a rua percebeu que alguém o observava. art by Joo~Mas era uma observação meticulosa e muito quase incomodativa. Seguiu com aquele olhar até o outro lado da rua, onde parou e ficou a observar os carro que haviam parado no sinal. O “troço preto” impedia sua visão do interior do veículo, mas a sensação não diminuíra nem um pouco. Sabia que alguém o olhava detalhadamente. Ficou preso aquilo pelos 25 segundos restantes do sinal vermelho, até ser reacometido a realidade pelo ronco dos motores à mudança de cor.

Passou o dia todo com aquele sentimento, de olhar, de saber, de ter, de conhecer. Ao fim do dia a sensação ainda existia, menor por asism dizer, mas sabia que ainda estava lá. Já estava começando a ficar incomodado com ela. Queria saber quem era aquele ser que o fitara tão longa e misteriosamente, tão deliciosamente escondido pelo “troço preto”, ou fazendo-se esconder!

No outro dia, mesma hora mesmo lugar, mesma sensação, mas dessa vez, um sorriso pode ser visto através de um dos “troços pretos”. Isso o deixou encabulado, mas nunca com a cabeça baixa, retribuiu o sorriso, acho uqe por vergonha de virar o rosto foi a única coisa que conseguiu fazer. Continuou seu caminho ao outro lado da pista e parou no mesmo lugar do dia anterior pra olhar novamente.

No outro dia a sensação passou no carro e se foi, mas nesse ao passar um papelzinho caiu em seu pé. Pegou o papel com um susto ou um meio medo, nunca havia acontecido isso com ele antes, pensou duas vezes antes de abrir, vai que é uma bomba, ou algum recibo de compra que algum mal-educado jogou pela janela. Mas ele sabia que nenhuma das opções anteriores se encaixaria no perfil sentimental do papel. Abriu, dentro Havia um número de telefone e uma frase…

“Faixas de pedestres guiam caminhos como faróis, dando direção, caminho e segunrança!”

Fechou o papel e seguiu ao seu destino com um sorriso no rosto por ter entendido a frase e o telefonema, ah, isso é pra um outro dia!

Anúncios

Ações

Information

3 responses

15 04 2007
Tereza

hmmm, tá delicioso!

só tens que digitar com mais cuidado, bê! tem letrinhas trocadas aí…

15 04 2007
parelha

The, morro de preguiça de reler pra corrigir!
perdoa eu?

17 04 2007
Tereza

quem sou eu pra perdoar!!

mas daí perde pontinhos, né meu querido?

=**

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: